Emergências 0800 601 6001
11/06/2018

Neblina requer mais atenção dos motoristas

INVERNO


Este fenômeno climático é mais comum principalmente nas baixadas, trechos de maior altitude e proximidades de rios e lagos

   O clima esfriou, mas não se engane pois ainda estamos no outono. O inverno começa oficialmente no Brasil às 07h07 do dia 21 de junho [termina em 22 de setembro]. E as temperaturas baixas provocam um fenômeno climático que pode ter influência negativa nas rodovias, principalmente nas áreas de baixadas, pontos de maior altitude e nas proximidades de rios e lagos: o nevoeiro. Dependendo da intensidade, pode comprometer a visibilidade restringindo-a a poucos metros, aumentando o risco de acidentes. Por conta disso, os motoristas devem ter ainda mais atenção nesta época do ano.  

   Nos trechos com nevoeiros a orientação é a seguinte: reduzir a velocidade, manter distância em relação ao veículo da frente, trafegar com os faróis em luz baixa e ter o sistema de ventilação dos veículos em ordem. “Além disso, é importante não parar o carro no acostamento ou pista de rolamento, não ligar o pisca alerta com o automóvel em movimento, usar a pintura da faixa como referência e nunca realizar ultrapassagens em segmentos de pouca visibilidade”, frisou o supervisor do Centro de Controle e Operações (CCO) da empresa, Ronaldo Parpinelli.

   Os condutores ainda precisam ficar atentos aos sinais sonoros externos que possam indicar uma situação atípica à frente, como buzinas, sirenes e sons de colisão. Apesar de todas essas recomendações, caso julgue não ter condições seguras de visibilidade para prosseguir com a viagem o responsável deve parar em locais como postos de combustíveis e as unidades do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) da VIAPAR. São sete no total ao longo dos trechos administrados pela empresa nas regiões Norte, Noroeste e Oeste do Paraná.

   E com o objetivo de oferecer mais segurança à concessionária fez um levantamento quilômetro a quilômetro dos pontos onde a incidência de nevoeiros é maior (veja abaixo):

TRECHOS:

BR-369 – entre os quilômetros 191 e 195 (Arapongas)

BR-369 – entre os quilômetros 358 ao 360 / 370 ao 372 / 384 ao 387 / 401 ao 403 /436 ao 444 / 459 ao 464 (Campo Mourão à Ubiratã)

BR-369 – entre os quilômetros 464 ao 477 / 514 ao 524 (Ubiratã à Corbélia)

PR-444 – entre os quilômetros 39 e 33 (Mandaguari)

PR-444 – entre os quilômetros 1 e 6 (Apucarana)

BR-376 – entre os quilômetros 102 ao 107 / 117 ao 124 / 147 ao 149 (Paranavaí à Maringá)

BR-376 – quilômetro 186 (Sarandi)

BR 376 – entre os quilômetros 213 ao 230 (Mandaguari à Apucarana)

PR-317 – entre os quilômetros 127 ao 132 / 154 ao 155 (Floresta a Engenheiro Beltrão)

PR 317 – entre os quilômetros 106 ao 108 / 114 ao 127 (Maringá à Floresta)

PR-986 – entre os quilômetros 4 e 7 (Rolândia)

Aguarde...