Emergências 0800 601 6001
15/12/2017

HELICÓPTERO DO SAMU É EQUIPADO COM INCUBADORA

O equipamento importado da Europa é doado pela concessionária de rodovias Viapar

 

   Na manhã desta sexta-feira (15) o helicóptero do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ganhou um moderno aparelho que vai auxiliar no salvamento de muitas vidas. Trata-se de uma incubadora neonatal (BabyPod) utilizada no transporte de bebês [de 500 gramas a 7 kg], principalmente recém-nascidos com problemas de cardiopatia.

A solenidade de entrega foi realizada no Aeroporto Regional de Maringá Sílvio Name Junior e contou a presença da governadora do Paraná em exercício, Cida Borghetti, do secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto, prefeitos da região Noroeste do Paraná, além de representantes da concessionária Viapar  [doadora do equipamento] e do Samu.

    

    Esta aeronave atua em um raio de 250 quilômetros, a partir de Maringá, onde está sediada a base operacional. Uma verdadeira UTI móvel com tempo resposta bem menor em comparação a um veículo. Em pouco mais um ano já realizou 572 atendimentos, sendo 206 resgates em rodovias e 366 remoções aeromédicas. “Pacientes que não chegariam a referência estão chegando. Olha o diferencial para as famílias. Já atuávamos em alto padrão com uma incubadora, com mais esta doada pela Viapar vamos poder oferecer serviços com ainda mais qualidade”, agradeceu o médico coordenador geral de Urgência e Emergência de Maringá, Maurício Lemos.

 

   Neste período, quase 100 pacientes neonatais já utilizaram os serviços da aeronave. “É uma parceria que não tem como dar errado. Aproveito a oportunidade para elogiar a equipe do Samu pelo excelente trabalho realizado ao longo deste ano”, discursou Cida Borghetti. “O sentimento é de gratidão, isso mostra a responsabilidade social da empresa. Este modelo pode e deve ser replicado para outras regiões”.

 

   O BabyPod doado pela concessionária foi importado da Europa. É o mais moderno do mundo no gênero e tem capacidade para transportar uma criança por vez. “A missão da Viapar, além de oferecer rodovias de qualidade é contribuir para que vidas sejam salvas”, disse Camilo Carvalho, presidente da concessionária. “Neste caso, uma incubadora neonatal que vai fazer a diferença na vida de muitas crianças”.

 

   SERVIÇO – O resgate aeromédico pode acionado pela central de regulação do SAMU Regional [telefone 192]. Este serviço também pode ser requisitado por outras centrais da região.    

Aguarde...